Governança Corporativa
Estrutura do Processo Decisório

GRI EC2

As decisões
são tomadas de
forma colegiada, envolvendo
os executivos.
São utilizados
também comitês, subcomitês e comissões que
dão suporte à Administração

No Banco do Brasil, a definição de estratégias e aprovação de propostas para os diferentes negócios do Banco são decisões tomadas de forma colegiada, com o objetivo de reduzir os riscos do negócio, envolvendo todos os executivos. Para garantir a agilidade, qualidade e segurança à tomada de decisão, a Administração utiliza comitês, subcomitês e comissões estratégicas.

Encontra-se em fase de estruturação e implementação o Comitê de Remuneração, vinculado ao Conselho de Administração, ao qual caberá acompanhar as ações de adequação da política de remuneração vigente na Empresa às exigências da Resolução CMN nº 3.921/10, do Banco Central do Brasil. Entre as atribuições desse Comitê estará a de avaliar e propor ao Conselho de Administração as remunerações fixa e variável dos administradores do Banco e de suas controladas que adotarem o regime de comitê único, assim como o montante global anual de remuneração a ser fixado para os membros dos órgãos de administração e submetido às Assembleias Gerais do Banco e das sociedades que adotarem o regime de Comitê de Remuneração único.

Ainda para subsidiar as diversas áreas da Empresa na elaboração de suas estratégias, produtos e serviços, anualmente, são desenvolvidos estudos estratégicos pela Diretoria de Estratégia e Organização, com as tendências e cenários do macroambiente político-legal, tecnológico, cultural, demográfico e ecológico.

ESTRUTURA DO PROCESSO DECISÓRIO