busca
A- A+
Início »

Conexão

Fornecedores

EC6 | HR1 | HR2 | HR6 | HR7

O Banco possui uma política específica de relacionamento com os seus fornecedores, pautada na ética e na transparência. Além dos critérios relacionados à economicidade, atendimento à legislação, especificações de qualidade dos produtos e serviços e confiabilidade nos prazos de suprimentos, é considerado o atendimento aos requisitos de responsabilidade socioambiental.

Por estar sujeito à Lei de Licitações e Contratos e demais legislações afetas, o Banco do Brasil traz para si uma acirrada fiscalização de órgãos externos, como o Tribunal de Contas da União (TCU) e a Controladoria Geral da União (CGU), o que assegura transparência, acompanhamento e respeito aos diversos públicos de interesse.

Abaixo, consta a relação das providências já implementadas relativas ao assunto:

a) realização de compra de bens e contratação de serviços priorizando o procedimento eletrônico, com vistas a ampliar a disputa nos processos licitatórios;

b) inclusão de cláusula socioambiental nas minutas de contrato, na qual o fornecedor declara e obriga-se a exercer suas atividades considerando práticas sustentáveis como proteger e preservar o meio ambiente, não utilizar práticas discriminatórias ou de trabalho ilegal e/ou análogo ao escravo, ou ainda, não empregar menores, salvo na condição de aprendiz e em conformidade com a legislação vigente;

c) inclusão de exigência contratual na qual o fornecedor compromete-se a conhecer o Código de Ética do Banco;

d) previsão, na instrução normativa do Banco, sobre a possibilidade de inclusão de critérios de sustentabilidade nas especificações para aquisição de bens e contratação de serviços e obras, considerando as orientações da IN SLTI/MPOG Nº 1, de 19/01/2010 (DOU de 20/01/2010);

e) previsão, nos editais de licitação, quanto à concessão de tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas – ME e empresas de pequeno porte – EPP, com o objetivo de promover o desenvolvimento econômico e social, a ampliação da eficiência de políticas públicas e o incentivo à inovação tecnológica, em conformidade com a Lei Complementar 123/2006.

As normas para os fornecedores são estabelecidas de forma que a respectiva implementação seja verificada na condução dos processos licitatórios e na execução dos contratos.

As verificações de cumprimento de obrigações trabalhistas, previdenciárias e socioambientais, assim como a análise de denúncias sobre eventuais infrações e desconformidades nessa matéria, são conduzidas em consonância com o que reza a legislação, os editais de licitação e os contratos firmados. Havendo qualquer indício de desconformidade, o Banco adota as medidas de averiguação que a situação recomendar e as ações de regularização que venham a ser necessárias. O Banco do Brasil mantém cláusulas contratuais que condicionam o pagamento ao fornecedor à comprovação de regularidade trabalhista e previdenciária (quitação da folha de pagamento, décimo terceiro, auxílio transporte, auxílio alimentação, FGTS e INSS).


Licitações Sustentáveis


Com vista a práticas democráticas e transparentes de licitações, o BB prioriza, dentro das limitações legais, o meio eletrônico para processos de compras de bens e serviços, o portal Licitações-e.

Os fornecedores que utilizam o portal para vender seus produtos e serviços desfrutam de inúmeras vantagens: eliminação de custos com deslocamento e hospedagem para envio de propostas e lances; participação em licitações realizadas em qualquer lugar do país sem necessidade de deslocamento e acompanhamento de todos os preços praticados após abertura de propostas e fases do processo.

Além disso, o Portal Internet divulga a política e regulamento das licitações realizadas e os pré-requisitos para se tornar um fornecedor do BB. Oferece ainda uma relação de endereços e telefones através dos quais é possível entrar em contato com as equipes responsáveis pelo relacionamento com fornecedores.

Canal do Fornecedor


Visando aprimorar a sua relação com os fornecedores e parceiros, o Banco adotou o Acordo de Nível de Serviços (Service Level Agreement – SLA) para a contratação de fornecedores. O acordo é um documento formal, celebrado entre contratante e fornecedor, que tem por função assegurar o comprometimento mútuo em relação às obrigações estabelecidas nos contratos. Os principais benefícios do SLA são:
  • manutenção da qualidade dos serviços prestados;
  • incentivo à busca pela excelência;
  • redução das discussões e impasses quanto aos serviços prestados e;
  • garantia de um nível de rentabilidade que não comprometa a situação econômico-financeira de seus fornecedores.
Para disponibilizar essas e outras informações sobre contratos, licitações, patrocínio e parcerias, o BB disponibiliza um canal de comunicação próprio para esse público: o Canal do Fornecedor. Criado em 2005, o canal imprime transparência no relacionamento da Empresa com seus parceiros. Lá, é possível encontrar, por exemplo, os pré-requisitos para tornar-se um fornecedor e o regulamento das licitações realizadas pelo Banco.

Para acessar o Canal do fornecedor, acesse: bb.com.br – outros sites – compras, contratações e vendas.


Contratos


Nos contratos firmados com seus fornecedores o Banco do Brasil proíbe desvios que não estejam de acordo com seus princípios de responsabilidade socioambiental. Todos estes estão explicitados em documentos corporativos como a Carta de Princípios, o Código de Ética e as Normas de Conduta e estendem estes compromissos com os fornecedores além dos critérios relacionados à economicidade, ao atendimento à legislação, às especificações de qualidade dos produtos e serviços e confiabilidade nos prazos de suprimentos.


Compras


O relacionamento do Banco do Brasil com seus fornecedores também é pautado pelos princípios da responsabilidade socioambiental. Além das exigências legais que regem as licitações públicas, de economicidade, conformidade legal, especificações de qualidade, entre outros, o BB exige de seus fornecedores compromissos e adesões claras a princípios, pactos e práticas éticas, como o Pacto Nacional pela erradicação do trabalho escravo, e de proibição ao trabalho infantil, atendimento à legislação vigente, o combate à discriminação de sexo, origem, raça, cor, condição física, religião, entre outras.

Do ponto de vista ambiental, o BB preconiza a preservação, repudia práticas danosas ao meio ambiente e exige o cumprimento da legislação vigente. Por conta da legislação o Banco não possui políticas que contemplem fornecedores locais.

As compras de papel A4, item de grande consumo nas atividades diárias do Banco do Brasil, são licitadas em consonância com a Lei de Licitações e Contratos, além de apresentar critérios de sustentabilidade especificados no edital, tais como a exigência de certificação Cerflor (Programa Brasileiro de Certificação Florestal) ou FSC (Forest Stewardship Council).

A exigência de uma dessas certificações tem por objetivo garantir que a origem da madeira utilizada na produção da celulose e do papel seja proveniente de florestas 100% certificadas, ou seja, de produtores que adotam práticas ecologicamente adequadas, economicamente sustentáveis e socialmente justas no manejo florestal.

topo